sexta-feira, 10 de junho de 2011

DESIGUALDADE: UMA "AÇÃO" NEGATIVA

        Uma sociedade justa é aquela em que todos vivem e são tratados de maneira igual, independente do gênero, da raça, da opção sexual e outros. Já a discriminação é quando tratamos algum indivíduo de maneira desigual. Por esse motivo é que vivemos em uma sociedade injusta.
        Por meio da mídia, podemos observar vários relatos de pessoas que são tratadas de maneira inadequada: negros que perdem vagas de emprego, homossexuais espancados nas ruas, muçulmanos considerados terroristas, mendigos assassinados, pobres que perdem casos na justiça e muitos outros fatos.
        Lembrando também que do mesmo modo que "violência gera violência", a desigualdade gera desigualdade e, isso não é colaborativo para se obter uma sociedade em que todos tenham os mesmos direitos, além disso, temos que lembrar que há uma grande falta de consciência de cada cidadão em relação a esse problema.
        Portanto, o melhor que tem a se fazer, não é apenas divulgar esses problemas de discriminação e desigualdade na mídia, mas sim conscientizar desde os mais novos até aos mais velhos que, a desigualdade não é uma ação que colabora com o desenvolvimento de uma sociedade justa e com a construção de um mundo melhor.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

O FUTURO DEPENDE DE ESCOLHAS E SUPERAÇÕES

        Com o claro propósito de incentivar, a sociedade adulta sempre afirma que, o futuro da humanidade tem total dependência dos jovens de hoje. Esta citação que os adultos insistem  em fazer, não pode ser desconsiderada, afinal, os simples estudantes de hoje serão os profissionais de amanhã. 
        É fácil perceber que a juventude não é uma fase simples, principalmente quando em adolescente encontra-se no Ensino Médio, que é um período da vida escolar tomado pela indecisão. O medo de escolher uma carreira errada, também é um vilão dos adolescentes, pois atualmente existem uma grande diversidade de profissões e ainda temos que conciliar a provável carreira com a busca por qualidade de vida, com a inovação e com a sustentabilidade ambiental.
        Outro dilema que temos que enfrentar é a ansiedade que se tem para iniciar a vida acadêmica, pois antes disso, ainda temos que passar por um verdadeiro desafio: o temível vestibular. É claro que essa preocupação com o futuro profissional atinge a maioria dos jovens, porém infelizmente existe uma parte que é verdadeiramente despreocupada em relação ao futuro e que vive literalmente uma utopia. 
        Para superar essas dificuldades, os jovens não podem ter medo de enfrentar desafios, de debater e de pedir ajuda aos mais experientes, pois indagar é a melhor maneira de adquirir conhecimento e de não deixar de ser jovem, afinal, "O alicerce fundamental da nossa obra é a juventude".

terça-feira, 7 de junho de 2011

POR QUE SER VEGETARIANO?

Você já pensou em tornar-se vegetariano? Ou então já parou para pensar em por que ser vegetariano? Sei que essas são questões muito polêmicas e antes de responde-las é necessário pensar muito. Quero deixar claro que AINDA não sou totalmente vegetariano, porém estou esforçando-me ao máximo para ser um. Voltando nas questões, o que tenho a dizer é que são diversos os motivos que levam uma pessoa tornar-se vegetariana. Primeiro, o organismo humano permite que as pessoas vivam apenas ingerindo alimentos de origem vegetal, pois ele não tem a estrutura de um organismo carnívoro, afinal a nossa saliva é neutra, diferente das dos carnívoros que é ácida para que a digestão da carne se inicie na boca. Outro ponto importante é que nós não possuímos presas grandes e afiadas para rasgar a carne e o nosso sistema digestivo é muito longo, e a carne em decomposição fica muito tempo dentro do nosso corpo, o que pode acarretar uma série de doenças. Segundo, comer vegetais é muito mais saudável do que comer carne, pois as proteínas presente nela podem ser substituídas pelas proteínas presentes nos grãos e ao fazer essa substituição também deixamos de ingerir a gordura animal que pode fazer mal ao nosso organismo. Terceiro, se pensarmos na questão ambiental, a pecuária contribui bastante para o aquecimento global, pois a grande quantidade de animais também emitem gás metano na atmosfera, mas se no lugar das criações de animais, fossem instaladas plantações de legumes, verduras, frutas e cereais, essa vegetação poderia contribuir para a purificação do ar. E por último mas não menos importante, temos que pensar nos animais, afinal a mesma vida que nós temos eles também têm. Eu sei que existem pessoas que falam "mas nós somos seres racionais, podemos ser superiores ao animais", é pelo motivo de sermos racionais que temos a capacidade de refletir na seguinte questão: Já que o nosso organismo não necessita de carne, por que temos que come-la? Um leão come uma zebra porque o seu organismo necessita das proteínas da carne, mas nós podemos substituir essas proteínas por aquelas presentes nos vegetais. Se você pretende tornar-se vegetariano, procure um(a) nutricionista e peça orientação, tenho certeza de que isso vai ajudá-lo a conquistar esse objetivo que também pretendo alcançar, pela minha saúde e também pelos animais.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

AMOR

Eu sempre soube que tem algumas coisas em nossas vidas que nos da um sentido para seguir em frente e uma dessas coisas é o amor. Nós (seres humanos) somos dependentes desse sentimento, pois é impossível que alguém não ame pelo menos uma coisa na vida, afinal quando nos referimos ao amor, não significa apenas em amar uma namorada ou uma esposa, mas nós referimos também a uma mãe, a um pai, a um amigo, a um bem material e infinitas coisas. O importante é entender que se não amamos algo ou alguém, não temos motivo para estar vivos, pois não teríamos com quem compartilhar os momentos (bons e ruins), para ajudar e para ser feliz. A melhor parte do amor é quando achamos aquela pessoa em que podemos depositar todo o amor que temos guardado no coração. Sei que tem pessoas que vem com aquela fala: “amor é bobeira, a parada agora é pegar três meninas na noite, transar pra caramba e ser feliz”. Se você pensa dessa maneira, pelo amor de Deus, sai do meu blog agora e só volta quando mudar esse pensamento besta. Agora eu pergunto: Como que alguém pode ser feliz transando com três mulheres na noite? Isso realmente tráz felicidade? Tenho certeza de isso é só uma maneira de querer mostrar para os outros a falta de capacidade de amar alguém. Amar de verdade é quando o coração bate forte, quando ficamos ansiosos esperando a pessoa amada chegar, e quando ficamos com saudade logo após que percebemos que estamos sozinhos. Portanto, amar é um ato que contribui bastante para as nossas vidas, pois quando é somado a outras coisas, torna-se uma receita perfeita para ser totalmente feliz.